Cuidado com as críticas!

O problema não é a crítica em si, mas o valor que damos.

Minha filha mais velha, que está com 11 anos, conversou comigo esses dias sobre o trabalho dos críticos. Ela se referia a pessoas que trabalham para criticar o trabalho dos outros, e deu como exemplo o crítico de gastronomia.

Ela acha muito injusto alguém ser pago para criticar o trabalho dos outros, que se dedicaram muito ali pra fazer um prato, uma peça de teatro, um trabalho qualquer.

Eu achei muito curiosa a constatação dela e valeu para introduzir um papo que jamais pensei em ter com uma menina desta idade.

Powered by Rock Convert

Porque o problema não é criticar, mas o valor que damos a critica dos outros.

A crítica é frequentemente uma falta de compreensão por parte do crítico.
Disse a ela que a gente não deve uma explicação aos críticos apenas porque eles decidiram ser nossos críticos.

Sempre haverá alguém com uma visão oposta que está convencido de que está certo, não importa quão errado esteja. E eles podem parecer tão confiantes e inteligentes quanto você.

Eu disse pra Vivi se preocupar com o que ela é, em vez de se preocupar com o que as pessoas dizem.

Se achar a crítica correta, faça o ajuste apropriado. Mas não paute sua vida a partir dela. Foco no horizonte: é pra frente que se anda, é pra cima que se olha.

Lancei a série “Lives da Superação”: todos os dias eu entro ao vivo no meu INSTAGRAM às 17:25h sempre com algum convidado pra lá de especial. Veja as melhores entrevistas ao vivo e também no IGTV do Diego Maia!

#BóraVoar

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.