As atitudes indispensáveis para superar a crise

Conhecimento é propriedade vitalícia de quem o possui

1.7k{icon} {views}

Muitas pessoas que me acompanham aqui no blog, escutam meu programa nas rádios, me seguem no Instagram e no Spotify e/ou me assistem nas palestras que ministro Brasil à fora tem mandado mensagens preocupadas com o “amanhã” nesse momento de crise.

Muitos estão assustados com o destino da economia, com o dólar a R$ 5,00, com a baixa do consumo, e com o iminente aumento de impostos.

Juntando isso tudo temos como resultado um caldeirão de notícias ruins e negativas que travam a evolução e posicionam as empresas no caminho do insucesso.

Quando avalio empresas e profissionais que estão conseguindo sobreviver e crescer a isso tudo, encontro algumas atitudes comuns. Quer ver só?

Powered by Rock Convert

1ª ATITUDE: a convicção de que, na crise, quem tudo corta cortado será.

2ª ATITUDE: Todo mundo, do servente ao presidente de uma empresa, tem que estar focado no aquecimento e aceleração de vendas, dando uma espécie de contribuição adicional ao resultado final do negócio.

3ª ATITUDE: as pessoas que estão alcançando êxito neste momento turbulento são as que estão buscando conhecimento através de cursos, palestras, livros. Como as pessoas que assinaram o CDPV.Premium. Afinal, conhecimento é propriedade vitalícia de quem o possui e é o diferencial necessário para superar adversidades. Conhecimento não ocupa espaço!

E nestes tempos de crise e HomeOffice quero te fazer companhia: se inscreva gratuitamente no meu canal no YoutTube e não esqueça de ativar as notificações!

Vamos sair desta crise muito mais fortes do que entramos!

#BóraVoar?

Diego Maia é o palestrante de vendas e motivação mais contratado do Brasil, com expressiva atuação em Portugal. Recentemente foi eleito um dos 10 maiores influenciadores de vendas do país.

Contrate uma palestra do Diego Maia para sua convenção de vendas: faça sua cotação clicando aqui



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.